EPADRV

HistÓria

Escola

A Escola Profissional de Agricultura de Vagos (EPAV) foi fundada em 31 de Agosto de 1990, com estatuto de natureza pública, por contrato-programa celebrado ao abrigo do Decreto-Lei n.º26/89, de 21 de Janeiro, entre o Ministério da Educação e três entidades promotoras, a saber, a Câmara Municipal de Vagos, a Cooperativa Agrícola de Vagos CRL e a Escola Secundária de Vagos.

Após a construção das novas instalações, a Escola transfere-se da zona urbana, sede de concelho, para a freguesia da Gafanha da Boa-Hora, localizada no noroeste do município, cobrindo uma grande faixa da Beira Litoral. Em Maio de 2000, ao abrigo da Portaria nº 277/2000, a EPAV transforma-se em Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPADRV) e passa a ser reconhecida como entidade pública, integrando-se na rede de estabelecimentos de ensino oficial do Ministério da Educação. Esta é considerada a primeira e principal conquista da Escola.

Situada num local aprazível, inserida numa frondosa mata de pinheiros, a EPADRV passou a configurar um conjunto de modernas estruturas importantes, não só para toda a comunidade educativa que a frequenta, mas também para todo o concelho e região, ocupando para já, uma área de 10 hectares, dos 30 doados pela Câmara Municipal de Vagos.

Apesar de nesta última década e meia assistirmos à proliferação da indústria, Vagos continua a ser um concelho de características agrícolas por excelência, onde predominam a horticultura, a pecuária (gado leiteiro), a floricultura. A ligação à terra é forte e esta é, ainda, a base de sobrevivência de uma grande parte da população.

A Escola tem sido procurada por alunos, não só da região, mas também de outras zonas do país e do mundo.
Com dezenas de protocolos estabelecidos, a Escola é visitada diariamente por crianças, jovens e adultos que usufruem do espaço, proporcionando momentos de aprendizagem e lazer.

Missão:
Promover o desenvolvimento integral dos alunos através da maximização das potencialidades educativas/formativas; desenvolver um conjunto de aprendizagens em diferentes áreas que visem a aquisição de aptidões básicas de comunicação e aprendizagem; potenciar o desenvolvimento intelectual, a auto-realização, o bem-estar físico e emocional, a educação para a cidadania, a formação moral, as aptidões vocacionais e profissionais, a criatividade e educação artística, afirmando-se como um espaço onde se vive, onde se aprende, onde se constrói e se prepara para a vida; fomentar atividades de caráter cultural e artístico que se diferenciem na região; incrementar nos alunos novas experiências e vivências em território nacional e internacional.


EPADRV ©2017
Eco-Escolas
Erasmus+
Apiário
HelioAgro
Loja